quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Carnaval de Antonina...É pra lá que eu vou!


PROGRAMAÇÃO CARNAVAL 
24 a 28 de fevereiro de 2017

Dia 24- SEXTA-FEIRA – Palco Principal
21h Coroação do Rei e da Rainha do Carnaval
22h Apresentação das baterias das Escolas de Samba
23h Baile Público com a Banda 50˚ 

Dia 25 SÁBADO – Avenida do Samba
21h Desfile dos Blocos Folclóricos e Carnavalescos 
Bloco do Boi do Norte, Bloco do Boi Barrozo, Bloco do Dragão, Bloco dos Bonecos e Bloco Última Hora.
24h Baile Público com a Banda 50˚ 

Dia 26 DOMINGO – Avenida do Samba
Desfile das Escolas de Samba 
21h G. R. Escola de Samba do Portinho
22h G. R. Escola de Samba Filhos da Capela
23h G. R. Escola de Samba Leões de Ouro
24h G. R. Escola de Samba do Batel
BAILE PÚBLICO (Som Mecânico) 
após o encerramento do 
desfile das Escolas de Samba

Dia 27 SEGUNDA FEIRA – Avenida do Samba
18h Baile Infantil
CARNAVAL DOS BLOCOS E DAS ESCANDALOSAS
18h30 1º Corrida Rústica das Escandalosas de Antonina
21h Concurso das Escandalosas - Palco Principal
23h Baile Público com a Banda 50˚

Dia 28 TERÇA-FEIRA - Avenida do Samba
18h Baile Infantil – com animação dos Blocos do Boi do Norte e Boi Barrozo
21h Baile Público 
02h Encerramento do Carnaval 2017.

Xaranga 
Veículo decorado com banda e som mecânico que deverá visitar 
vários pontos da cidade. Roteiro a ser definido.


Informações:
Secretaria Municipal de Turismo e Cultura
Theatro Municipal Maestro Roberto Plassmann
Tel 41 3978-1093

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

2017...ESPERANÇA RENOVADA


ESPERANÇA RENOVADA

A cada início de ano e principalmente de gestão municipal - independente de qual tenha sido o candidato vitorioso – é o momento de revigorar nossas esperanças de presenciar melhores 
momentos para o novo ano.
No caso da nossa cidade a situação é muito delicada e preocupante. Nosso tão cantado “orgulho de ser antoninense” nos últimos anos foi lentamente sendo desgastado, resultado de constantes más gestões públicas e do jeitinho de incredulidade de cada um de nós.

Zé Paulo foi o nome escolhido democraticamente para conduzir esta nau, que mais parece à deriva do que simples mudança de rota.
O povo votou na esperança em ver resgatado – no primeiro momento - seus serviços básicos essenciais, digo básicos mesmo, desde capinação das ruas, cuidado das praças e logradouros públicos, limpeza e manutenção de bueiros, substituição de lâmpadas na iluminação pública. Melhores serviços de saúde e segurança, água potável com abundância e até iniciar o sistema de tratamento de esgoto e coleta de lixo seletivo.

Acreditamos que nova gestão deverá começar a planejar o futuro. 
Temos um Plano Diretor – aprovado em 2006 - projetado para 25 anos e já se 
passaram 10 e nada foi feito.
Nosso pequeno porto privado sinaliza para novos investimentos na implantação de melhorias e ampliação de seu cais acostável e na implantação produtiva e industrial na área oficial da APPA.
O turismo planejado com a iniciativa privada – empresários dos serviços de hotelaria, gastronomia e de apoio - deverá dar novos passos na melhoria dos nossos atrativos, das nossas festas e no cuidado com o patrimônio cultural. Possibilitando geração de renda e emprego em curto e médio prazo.

É pouco...Muito pouco que sonhamos para a nossa cidade. 
Queremos uma gestão participativa e transparente, voltada para a melhoria da qualidade de vida do nosso cidadão. A hora é agora...E você amigo ou não, mas antoninense que vive e ama este lugar, venha participar do momento. A cidade somente muda se nós mudarmos de comportamento.
E que venha 2017!

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Caçadores de Caranguejos

A caça ao caranguejo no litoral do Paraná é liberada pelos órgãos ambientais no início do mês de dezembro, e vai até meados de janeiro. Iguaria das mais procuradas pelos moradores e turistas, mas sua caçada requer muita pratica, habilidade e disposição. Pois o terreno lodoso dos manguezais, seu habitat natural é de difícil acesso.
Em dia de lua cheia fica mais fácil sua caçada, pois eles aproveitam para procriar e “andam no mangue”, já em outras luas é necessário arranca-lo da toca. Sacrifício dobrado para os caçadores de caranguejo.

Caçada ao caranguejo
Baía de Antonina 
Manguezal da Ilha do Guamiranga

13 dez 2016

0361

0362

0363

0364

0365

0366

0367

0368

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

RESULTADO DA ENQUETE

QUAL A PALAVRA QUE VOCÊ DARIA PARA REPRESENTAR A GESTÃO DO SENHOR JOÃO DOMERO?

Descarada (11%)
DECEPCIONANTE (42%)
Incompetente (22%)
Irresponsável (15%)
Maravilhosa (3%)
Rasteira (2%)
Relapsa (1%)

Total de votos: 77

N.Edt do Blog: Para encerrar o ano e a gestão do atual prefeito, não poderíamos fugir a responsabilidade em deixar nosso pitaco e dos bloguistas. Apesar dos poucos votantes (tivemos mais de 2.000 acessos no período) sem duvida alguma, a enquete mostra um retrato do momento político da cidade. A maioria dos votantes (42%), considera a atual gestão como DECEPCIONANTE. Podemos considerar que este grupo de votantes é composto por eleitores do atual prefeito, pois somente se decepcionou quem acreditou.
Em segundo lugar (22%) a considera Incompetente...Um olhar mais técnico. E assim por diante. Não faltaram os maravilhados com o poder (2%).

Em 2017 continuaremos analisando e dando nossos pitacos, pois mudam os políticos e nós continuamos no bom combate as coisas de Antonina. E tenho dito!

Veja outras enquetes realizadas pelo blog na coluna a direita: Marcadores/Enquetes: http://palavradobo.blogspot.com.br/search/label/Enquetes

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Exposição de fotos GINGA

Acompanho o trabalho da fotógrafa Flavia Kaline, desde seus quinze anos de idade, 
quando se aventurou a participar de um curso de fotografia por mim ministrado, durante o
 Festival de Inverno da UFPR, lá pelos anos de 2003. Sua primeira exposição individual GINGA, mostra sua personalidade e seu vigor em viver e fazer da fotografia seu ser. 

Abertura ao público no sábado, dia 10 de dezembro, no Arquivo Público Municipal de Antonina. 
Vale a pena conferir!

Planejamento Zero...Vale a pena ler de novo?!?!?!

Imagem meramente ilustrativa

Publicado em 08/12/2011

PLANEJAMENTO ZERO

 

Seja qual for o tipo de empreendimento, do menor estabelecimento comercial à maior empresa de qualquer ramo, o planejamento financeiro é o alicerce de quem realmente quer obter um bom resultado e, principalmente, sucesso no empreendimento.
Não sou do ramo, mas a vida me fez um aprendiz solitário, sendo que desde meus quinze anos de idade – como trabalhador menor e com carteira registrada – me ensinou a gastar menos do que recebia de salário.
Lembro muito bem que, sem nenhuma consciência administrativa, quando recebi meu primeiro salário mandei reformar a fachada da casa onde morava, substituindo as velhas e rotas janelas de madeira por “modernas” estruturas metálicas, comprometendo assim parte do meu pequeno salário por algum tempo.
A reforma da fachada da minha casa foi por mim estabelecida como prioridade. Estratégia para melhorar a aparência daquela moradia que acolhia minha modesta família.
De lá pra cá sempre apliquei esta pequena e infalível fórmula que me garantiu certa tranquilidade financeira, apesar das dificuldades de qualquer trabalhador assalariado.
Em uma empresa pública, as regras devem ser outras, mas acredito que o planejamento estratégico e a definição de prioridades devem ser as tarefas obrigatórias de cada administrador público. Não é possível apenas preencher velhas e viciadas planilhas financeiras e apresentá-las como orçamento de uma comunidade sem ao menos passar por uma análise altamente técnica, ousada e criteriosa.
O que notamos em nossa cidade é a ausência de planejamento estratégico, por parte da administração municipal. Tudo continua sendo feito na base de reajustes inflacionários, sem nenhum parecer técnico qualitativo, sem o estabelecimento de prioridades e – como bom sonhador que sou – nenhuma participação popular.
O planejamento faz parte da Secretaria de Obras e Planejamento, mas parece que por lá não tem ninguém capacitado para discutir com as demais áreas administrativas como dividir o “mísero” recurso arrecadado dos munícipes, priorizá-lo e aplicá-lo com transparência e sabedoria. Imagine que daria até para traçar estratégias para aumentar a arrecadação, desde que se investisse na geração de emprego e renda da população.
Os anos passam, os prefeitos se elegem e simplesmente pagam contas que não sabem do que e por que e continuamos sem saber para onde iremos.
Planejar é possível, mas precisa vontade política e capacidade administrativa.
Não entendo muito da coisa. Mas até o momento nunca precisei passar um “cheque sem fundo”. Tenho dito.

 

 

12/12/2011

VALORES INVERTIDOS


É difícil conviver em uma sociedade quando um cidadão – consciente de seus direitos –tenta defender a vida, a natureza ou a sua própria história e recorre às instituições públicas, tais como Ministério Público, IAP – Instituto Ambiental do Paraná ou até mesmo ao IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional –, órgãos fiscalizadores, no sentido de alertar abusos ou crimes cometidos por algum cidadão ou entidade governamental da cidade. Infelizmente o cidadão é rifado pelos “safados de plantão” e de mocinho passa a ser tratado como bandido. “Bom mesmo” é quem se apropria de recursos públicos, digo, rouba e vira “doutor”, empreendedor e até é convidado para se tornar assessor no “Ministério da Hipocrisia e da Mediocridade”.

Publicada no blog e no livro "Tenho dito" de 2006.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

EM UMA SÓ PALAVRA

Faltam apenas alguns dias para o termino da gestão do senhor João Domero, a frente da administração do nosso município. Como este blog tentou avaliar através de enquetes todas as etapas, não se faz necessário nenhuma avaliação, a não ser escolher uma palavra como mote significativo. Todas estão as escutas de cada um cidadão que se sentiu injuriado e abandonado nestes quatro ano de governo. Escolha e VOTE na coluna da Enquete ao lado direito do blog.
Boa votação...apesar que..."rei deposto é rei morto!".